Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Dionizio de Araújo Machado

Mandato: 06.07.1962 a 30.01.1963
Fazia parte da União Democrática Nacional (UDN); foi vice-governador do Estado e assumiu por nove (09) meses o cargo de governador com a renuncia de Luís Garcia em um período conhecido com República Populista que tinha como Presidente João Goulart.
Nasceu em Lagarto no dia 08 de outubro de 1905, filho de Candido Barreto Machado e D. Maria de Araújo Machado. Onde fez seus estudos iniciais e tornou-se pecuarista, envolvendo-se com a política na década de 40 quando torna-se Prefeito da Cidade de Lagarto sua terra natal.
Em 1958 venceu a eleição para ser vice-governador de Luís Garcia, o seu concorrente foi Edézio Vieira de Melo. Dionísio venceu o pleito pela coligação formada pela União Democrática (UDN) e o Partido Social Trabalhista (PST).
Em 1962 o Governador Luís Garcia renunciou para se candidatar ao senado e em seu lugar assume o vice Dionísio Machado. Na sua administração Dionísio andava pelas ruas da capital a noite, observando as lâmpadas queimadas e as ruas que precisavam de reparos. Dionísio foi um Líder conservador e muito atento às mudanças estruturais do País. Deu continuidade ao trabalho desenvolvido na administração de Luís Garcia e na sua gestão fundou o Hospital Nossa Senhora da Conceição na região Centro Sul do Estado na cidade de Lagarto.
Dionísio foi Prefeito de Lagarto por dois (02) mandatos. Faleceu em 16 de julho de 1985.

Texto elaborado pela equipe da Coordenação de Pesquisa do PMOC
Pesquisa feita em: Livros de História de Sergipe
Livros de História Política de Sergipe
Internet -https://pt.wikipedia.org
https://lagartense.com.br
www.fgv.br

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil