Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Lourival Batista

Mandato: 31.01.1967 a 14.05.1970
Filho de Francisco da Costa Batista e de Angelina Gomes Batista, nasceu no dia 03 de outubro de 1915, nono Município de Entre Rios Estado da Bahia, fez seus primeiros estudos no Município de Alagoinhas na Escola Jesus Maria e José, seguindo para Salvador onde estudou no Colégio Antônio Vieira e no Ginásio Ipiranga; Ingressou na Faculdade de Medicina da Universidade da Bahia, onde participou da política estudantil como membro do Diretório Acadêmico. Formou-se em 1942, passando a estagiar no serviço militar do Exército, servindo também na Força Expedicionária Brasileira (FEB) no período da segunda Guerra (1939 ? 1945).
Depois desse período veio para São Cristóvão/SE, onde realmente começou sua carreira como médico, trabalhando no IAPI (Sindicato de Fiação e Tecelagem do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários), também trabalhou no Serviço de Caça e Pesca da Cidade. Quando se transferiu para Aracaju tornou-se médico do Sindicato dos Estivadores; do Sindicato da Construção Civil; da Sociedade União dos Operários Ferroviários de Aracaju e dos Serviços de Assistência Médica Domiciliar de Urgência e de Saúde Pública de Sergipe.
Filiou-se a União Democrática Nacional (UDN) em 1945, quando acontece a redemocratização do país. Em1947 foi eleito deputado constituinte participando da elaboração da carta estadual, sendo um grande opositor ao desmembramento do Município de São Cristóvão do qual se elegeu prefeito em 1951, ocupando vários cargos políticos ao fim do seu mandato. Em 1958 elegeu-se deputado federal pela coligação UDN (União Democrática Nacional) + PST (Partido Social Trabalhista). A partir desse momento Lourival teve vários mandatos, participando ativamente da vida política do país. Com a extinção dos partidos pelo Ato Institucional nº 02 em 1965 e no ano seguinte a instauração do bipartidarismo, filiou-se a Aliança Renovadora Nacional (ARENA) partido que dará sustentação ao regime militar.
No período do regime militar foi indicado pelo Presidente da República Humberto Castelo Branco para o Governo de Sergipe e eleito pela Assembleia Legislativa Governador de Sergipe em 1966, sucedendo Sebastião Celso de Carvalho. Lourival a frente do Governo realizou várias ações importantes para Sergipe como:
- Executou vários convênios com a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) e com o Instituto Nacional de Desenvolvimento Agrário (INDA) para melhorias na pecuária em Sergipe;
- Realizou a implantação do Distrito Industrial de Aracaju na zona sul;
- Financiou programas de pesquisa sobre produtividade de culturas agrícolas e de matérias-primas existentes no Estado;
- Firmou convênios com o Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis para a criação da administração do Porto de Aracaju;
- Construiu o estádio Lourival Batista conhecido como o ?Batista o?;
- Construiu casas e conjuntos habitacionais para a população de baixa renda;
- Criou o sistema de abastecimento de água no interior;
- Criou o sistema de telecomunicações em Sergipe;
- Criou e empossou os primeiros membros do Tribunal de Contas do Estado;
- Construiu o Edifício do Estado de Sergipe, considerado o mais alto da nossa capital, atual sede do Banco do Estado de Sergipe (BANESE);
- No seu governo sua esposa criou o Instituto Lourival Fontes, voltado para a educação dos mais carentes.
Lourival desincompatibilizou-se do Governo em 1970 para concorrer a uma vaga no senado pela legenda da Arena. Daí em diante teve uma vida política muito intensa, ocupando vários cargos importantes nesse cenário, deixando a vida pública quando sofreu sua primeira derrota em 1994 já pelo PFL, deixando o senado em 1995.
A contribuição de Lourival Batista para a política de Sergipe foi muito valiosa e nos deixou grandes legados. Lourival morreu em 08 de março de 2013 em Brasília onde morava com 97 anos.


Texto elaborado através de pesquisas feitas pela Coordenação
de Pesquisa e Educação do PMOC,
Fontes: Livros de História e Política de Sergipe e
site https://infonet.com.br/noticias/politica/ex-governador-lourival-baptista-morre-em-brasilia/
https://al.se.leg.br/alese-realiza-sessao-especial-em-comemoracao-ao-centenario-de-lourival-baptista/
http://fgv.br/cpdoc/acervo/dicionarios/verbete-biografico/batista-lourival https://infonet.com.br/blogs/os-100-anos-de-lourival-baptista/ https://infonet.com.br/blogs/os-100-anos-de-lourival-baptista/https://pt.wikipedia.org/wiki/Lourival_Baptista
https://www.senado.leg.br/

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil