Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Livros raros no Palácio-Museu

A população de Sergipe e do país tem a sua disposição um precioso acervo de livros acadêmicos e raros na Biblioteca Vice-Governador Manoel Cabral Machado, que funciona dentro do Palácio-Museu Olímpio Campos, em Aracaju.

O nome é uma homenagem ao ex-vice-governador sergipano, que governou o estado de 1966 a 1970. São cerca de 3 mil títulos catalogados, que incluem obras raras e produções de Tobias Barreto, Sílvio Romero, Graccho Cardoso, João Emilio, Felisbelo Freire, Euclydes da Cunha, Mário Cabral, Plínio Salgado, inclusive de Manoel Cabral Machado.


A biblioteca Manuel Cabral Machado está aberta à visitação, pesquisa e leitura, de terça a sexta-feira, das 10 às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas. O acesso às obras é livre e gratuito e a consulta é local sem sistema de empréstimos. O Museu disponibiliza um funcionário treinado para orientar os visitantes em suas pesquisas. As doações são bem-vindas.


Sobre a fundação da Biblioteca Manoel Cabral Machado
O acervo inicial da biblioteca é originário da coleção pessoal do ex-governador. Seu espólio foi doado no dia 15 de março de 2010 com objetivo de completar o conjunto dos bens que integra o patrimônio do PMOC. "A família se reuniu e decidimos doar sua biblioteca para perpetuar o nome do nosso pai e tornar público os livros para outras pessoas", disse a odontóloga e bacharela em Direito, Ascendina Maria Cabral Machado, filha de Cabral.


A biblioteca é composta por um ambiente charmoso e elegante. As cores claras dão ao local um ar de reflexão. Além das obras literárias doadas pela família de Manoel Cabral Machado, o visitante encontra uma exposição de medalhas e objetos pessoais do seu patrono. O espaço abriga, também, uma galeria de fotos com os vice-governadores do Estado e um mobiliário oriundo do escritório de Sergipe, no Rio Janeiro, capital da República na época.

Obras raras e Históricas
A biblioteca conta com livros dos séculos XIX e XX. Uma das raridades literárias de seu acervo é a obra datada de 1851-1914, do escritor Sílvio Romero, "Contos Populares do Brazil" em 1ª e 2ª edição. Para o secretário-chefe da Casa Civil, órgão do governo do Estado ao qual o PMOC está vinculado, Jorge Alberto, disse que a contribuição do intelectual Manoel Cabral Machado foi muito importante para o museu. "O trabalho de restauração do Palácio-Museu promovido no governo Marcelo Déda ganhou um reforço substancial, que é este espaço que guarda publicações literárias raras", comentou.


As obras são organizadas por áreas de conhecimento, facilitando seu acesso e expostas com etiquetas de identificação. Há coleções de Sílvio Romero, Tobias Barreto, de Administração Pública (Executivo, Legislativo e Judiciário), Literatura (Poesia, Romance, Conto, Crônicas), Biografias, Ciências Humanas e Sociais, (Antropologia, Folclore, Linguística e História), Bibliografia Jurídica, obras de referência (dicionários e enciclopédias), hemeroteca e Religião.


Em dois anos e meio mais de 60 mil pessoas, em sua maioria sergipanos, já visitaram o espaço. O aposentado Hélio Rodrigues Feitosa, por influência do neto de 11 anos, veio conhecer o Palácio-Museu e ficou surpreso com a existência de uma biblioteca, "Fiquei maravilhado primeiramente pelo nome escolhido para biblioteca Cabral Machado, esse homem importante e inteligente para nosso Estado. Adorei saber que existe um local para boas leituras, com referências culturais e biográficas, com certeza vou fazer uma propaganda tremenda", disse.


Biografia
Manoel Cabral Machado nasceu em Rosário do Catete (1916-2009) e foi eleito vice-governador do Estado de Sergipe no governo de Lourival Batista. Foi deputado estadual, um dos fundadores do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, conselheiro na UFS - Universidade Federal de Sergipe e contribuiu para fundação de quatro faculdades no Estado: Ciências Econômicas, Filosofia, Direito e Serviço Social. Além de político era advogado e escritor tendo escrito diversos ensaios, poesias e artigos sobre a sociedade sergipana. Morreu em janeiro de 2009, aos 92 anos.

Serviço
Biblioteca Vice-Governador Manoel Cabral Machado
Aberta de terça a sexta-feira, das 10 às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas.
Endereço : Praça Fausto Cardoso, S/N, Centro - Aracaju/Sergipe.
Acesso gratuito
Telefone: (79) 3198-1461





Postado: 12/04/2016 - 18:38:49

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil