Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

PMOC homenageia dois grandes ex-governadores de Sergipe.

Todo mês, o Palácio-Museu Olímpio Campos (PMOC) homenageia os políticos sergipanos que governaram o Estado, dentro da programação do evento denominado "Aniversário dos ex-governadores". Além das homenagens, o Museu reúne em seu acervo, fotografias e informações de todos aqueles que contribuíram para história política de Sergipe.


E na tarde desta segunda-feira, 3, no salão Multieventos, dois nomes receberam as homenagens: o ex-governador Augusto Franco, que governou o Estado no quatriênio 1979 a 1982, e o ex-governador Albano Franco (primeiro mandato em 1994 e o segundo em 1998). Albano Franco é o aniversariante deste mês que, juntamente com a família, pediu gentilmente à direção do PMOC que inserisse o nome de seu pai nas comemorações do "Aniversário dos Ex-governadores. Augusto Franco aniversariou em setembro e teve o ano de 2012 dedicado à comemoração de seu centenário.


Memória preservada

O governador Marcelo Déda estava presente ao evento e prestou homenagens aos aniversariantes. Agradeceu pelas obras que foram realizadas com exemplar dedicação durante o governo de pai e filho. "O Palácio-Museu Olímpio Campos não é um museu morto; é um museu vivo, onde todos os sergipanos podem conhecer a vida política de governantes como Augusto Franco e Albano Franco, homens que deram sua colaboração para que o Estado se desenvolvesse e chegasse onde chegou". E acrescentou, "nosso Estado é rico na sua cultura e milionário na história política do seu povo contada e preservada neste Palácio".


Foram relembradas atuações governamentais dos dois homenageados. O jornalista, Nilson Barreto Socorro, discursou sobre a política educacional do ex-governador Albano Franco e o economista Marcos Melo apresentou as principais obras do Governo de Augusto Franco, doando para o acervo pessoal das bibliotecas municipais da capital, exemplares do seu livro que fala sobre "O legado desenvolvimentista do Governador Augusto Franco".


"Grande privilegio escrever e falar aqui no PMOC sobre este homem ao qual fui auxiliar em seu governo. Resolvi eternizar em homenagem ao seu centenário às obras realizadas que contribuíram para desenvolvimento econômico de Sergipe", ressaltou o autor da obra.
Homenagem- À tarde de homenagens foi abrilhantada pela apresentação musical da Orquestra Sinfônica Nossa Senhora da Conceição, da cidade de Itabaiana, e lançamento do selo dos Correios em comemoração ao centenário de Augusto Franco. Fotos e objetos pessoais dos dois ex-governadores estavam expostos.


"Sinto-me feliz, honrado em receber homenagem do Palácio-Museu Olímpio Campos juntamente com aquele que foi meu exemplo, minha referência, o homem Augusto Franco. Oportunidade ímpar. Parabenizo a iniciativa do governador Marcelo Déda pela criação de um evento que visa apresentar a história política sergipana", destacou aniversariante, Albano Franco.


O Palácio-Museu Olímpio Campos é um registro particular de personalidades políticas e histórias marcantes daqueles que dedicaram anos e anos para desenvolvimento social e econômico do Estado. O prefeito Edvaldo Nogueira, que também se fez presente na solenidade, falou da importância de um evento como este, parabenizando o PMOC por estar há três anos cumprindo seu papel na construção social e política e apresentando para gerações futuras o processo que Sergipe politicamente passou.


Vida política de pai pra filho

"Um verdadeiro estadista. Suas obras contribuíram para modificar a história de Sergipe. Foi um empresário vitorioso, senador, deputado federal e com toda essa bagagem conseguiu preparar e dotar o Estado de estruturas para seu desenvolvimento econômico e social", assim Jorge Araújo, ex-secretário de administração no governo de Augusto Franco definiu este personagem ilustre.


Suas principais obras foram: O programa habitacional, do qual se destaca o conjunto que leva seu nome, o Augusto Franco, na Farolândia; implantação de adutoras; industrialização do minério sergipano voltado para exploração do potássio e a construção do Porto de Sergipe. Na vida política preocupou-se com a população mais carente.

Albano Franco

Líder empresarial, formado em Direito, político preocupado com as causas sociais e educacionais de Sergipe. É um dos nove filhos de Augusto Franco, e assim como pai dedicou a maior parte da sua vida ao exercício da política. Foi deputado estadual (1966), senador (1982) e em 1994 torna-se governante do Estado. No ano de 2006 elegeu-se deputado federal.


"Elogiado e reconhecido no mundo político, Albano Franco, trouxe desenvolvimento para Sergipe, principalmente no ramo da Educação. Inúmeras mudanças, reformas e projetos contribuíram para um Estado alfabetizado e com valorização profissional", definiu assim o governo de Albano Franco, o palestrante, Nilson Socorro.


Visitação

O Palácio-Museu Olímpio Campos é vinculado à Casa Civil e fica aberto à visitação de terça a sexta-feira das 10 às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas. O acesso é gratuito e as visitas são guiadas.



Foto: Jorge Henrique





Postado: 13/04/2016 - 15:20:10

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil