Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Canarinhos de Aracaju no Natal do PMOC

Na tarde desta quinta-feira, 13, as vozes infantis do coral "Canarinhos de Aracaju" soaram no Palácio-Museu Olímpio Campos (PMOC), emocionando a todos que se fizeram presentes em mais um dia das festividades natalina do Palácio.


O coral, que atualmente reúne cerca de 120 crianças e adolescentes da rede pública e privada, interpretou belíssimas canções de Natal e aproveitando este momento de festa o maestro Carlos Magno dos Santos fez uma pequena homenagem ao Rei do Baião Luiz Gonzaga pelo seu centenário. Na ocasião falou um pouco sobre o espírito natalino e agradeceu ao PMOC por oportunizar às crianças um momento no qual podem mostrar seu talento musical para sociedade sergipana.


Convidados

Para esta tarde de comemorações, a coordenação de educação e pesquisa do Palácio-Museu Olímpio Campos convidou o projeto da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer "Vida Alegre" do bairro Santa Maria, e o projeto de música "Meninas e meninos da Comandaroba",da cidade de Laranjeiras.


O coordenador do projeto "Vida Alegre", Aquilis Silveira, parabenizou toda organização do evento, tecendo elogios à iniciativa de convidar crianças para compartilhar do Natal e oportunizar uma tarde de contato com a cultura sergipana. Já a coordenadora do projeto "Meninas e meninos da Camandaroba" disse que o convite é gratificante e um incentivo a mais para as crianças de Laranjeiras. "O nosso projeto também trabalha com música, temos 160 adolescentes e trazê-los a este Palácio que guarda a história do nosso Estado é gratificante e quem sabe próximo ano serão eles cantando aqui".


O secretário de esporte e lazer, Maurício Pimentel, fez questão de comparecer às comemorações. "O Palácio-Museu Olímpio Campos com esta programação natalina tem como objetivo divulgar o espaço e oferecer aos sergipanos uma amostra da cultura musical do nosso Estado. Espero que seja um momento em que desperte interesse de outras crianças a querer participar de corais como esse", pontuou.


Canarinhos de Aracaju

O coral surgiu em 1999 com apenas 16 crianças, no Oratório Festivo São João Bosco (Oratório de Bebé), em Aracaju. Atualmente,com 13 anos de existência o grupo viaja pelo Estado e se apresenta durante datas comemorativas com repertório diversificado. O grupo é dividido em três: Canarinhos Mirins de Aracaju, Pequenos Canarinhos de Aracaju e Canarinhos de Aracaju. O Coral é sob a responsabilidade do maestro Carlos Magno dos Santos e coordenação de Severina Gomes Dias e Elisângela Tavares.


"Tudo que agrada e que é bom o povo pede bis. Se estamos aqui pela segunda vez significa que o povo aprovou e gostou da nossa apresentação. Parabenizo a coordenação do Palácio-Museu e agradecemos o convite e com certeza queremos estar nos outros natais", falou a coordenadora pedagógica, Severina Gomes.


O Coral, durante uma hora, encantou a plateia que participou e compartilhou o repertório musical. Um verdadeiro presente antecipado para todos sergipanos. Outros coros também farão parte do calendário de eventos do PMOC até dia 21 de dezembro e se apresentarão no hall do Palácio com entrada gratuita.

Fotos Noel Lino/SECC





Postado: 13/04/2016 - 15:28:51

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil