Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Comemorações natalinas e homenagens ao ex-governador Leandro Maciel

Leandro Maynard Maciel, "o mais notável político contemporâneo sergipano que não se abatia com obstáculos e desafios. Um verdadeiro líder". Assim o palestrante, José Lima Santana, descreveu este personagem político na última edição deste ano do "Aniversário dos ex-governadores", no Palácio-Museu Olímpio Campos.


Filhos, netos, bisnetos, sobrinhos e admiradores do ex-governador foram ao PMOC na tarde desta quarta-feira, 19, para relembrar fatos históricos da vida política de Leandro Maciel que governou Sergipe de 1955 a 1959. A homenagem teve início com a apresentação de dois corais prevista dentro da programação de Natal: Coral da Petrobras, regido pelo maestro e professor de música Antônio Sérgio Teles e o Coral da Maçonaria "Canto Fraterno" com 26 cantores, sobre a coordenação de Ronaldo Lopes Ferreira.


"Grande honra cantar neste Palácio que além de contar a história do povo sergipano é marco político. O coral da Petrobras sempre encerra as suas apresentações do ano aqui o que é motivo de alegria para toda família Petrobras que desde a inauguração do Museu participamos do seu Natal", disse maestro Antônio. O coral da Petrobras contou com a participação de Valinho da Acordeom


Já o coordenador do coral da maçonaria, Ronaldo Lopes, parabenizou o PMOC pelo trabalho exemplar e agradeceu a oportunidade de fazer parte das comemorações natalinas. Um dos fundadores do coral "Canto Fraterno", Lourival Mariano de Santana também teceu elogios à coordenação do Museu e disse que próximo ano gostaria de fazer parte deste grande momento novamente.


Ex-governador e sua família

Seguindo com as homenagens ao aniversariante do mês, uma exposição com diplomas, certificados, documentos pessoais, álbuns de fotografias que recontam através da trajetória politica deste ex-governador, uma grande parte da história de Sergipe, estava exposto ao público. "Fico feliz ao ver essa homenagem ao meu pai. Homem público que prestou os seus melhores serviços à causa de Sergipe" pontuou Léa Maciel Almeida, a caçula dos cinco filhos de Leandro Maciel, hoje com 77 anos.


Quem também enalteceu a homenagem foi o advogado Gilton Garcia com depoimentos. "Referência de coragem e determinação, esta homenagem se faz necessária para perpetuar na memória do povo sergipano este nome que marcou a história política sergipana", afirmou.


Lívia Maria Nou Maciel, neta do ex-governador falou sobre a figura familiar que poucos conheceram do seu avô. Agradeceu aos presentes, descreveu com muita simplicidade não o homem político e suas obras, mas o homem com espírito paternal que acolhia a todos e preservava os bons costumes. O bisneto João Vitor Fonseca Prado de apenas nove anos falou todo orgulhoso, mostrando que conhecia bem a história do bisavô e que sentia orgulho por fazer parte da família Maciel. A filha do meio Annéte Maciel com 81 anos demostrou emoção ao ouvir o palestrante relembrar as obras, idealizações do homem político que foi Leandro Maciel e só conseguiu dizer "saudades do meu pai".


Biografia

Leandro Maciel nasceu no dia 8 de dezembro de 1897 na cidade de Rosário do Catete e faleceu aos 86 anos, no dia 14 de julho de 1984. Era engenheiro por formação acadêmica. Além de governador, foi deputado federal por três vezes e senador da República por dois mandatos.

Fotos Noel Lino/SECC





Postado: 13/04/2016 - 15:31:14

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil