Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Exposição homenageia seis ex-governadores de Sergipe

Foi aberta na tarde desta quarta-feira, 27, no Palácio-Museu Olímpio Campos (PMOC), a exposição que apresenta a trajetória política de seis nomes importantes que governaram Sergipe no século passado. Este evento faz parte da programação do projeto "Aniversário dos ex-governadores", em que são homenageados os políticos sergipanos que marcaram a História política do Estado e que fariam aniversário.

Os visitantes encontrarão expostos fotos, livros, objetos pessoais, banners e biografia dos ex-governadores: Arnaldo Rollemberg Garcez, Felisbelo Firmo de Oliveira Freire, Sebastião Celso de Carvalho, João de Seixas Dórea, Augusto Maynard Gomes e Guilherme de Souza Campos. A mostra acontece até dia 05 de março no salão Multieventos do PMOC. O acesso é gratuito.

A exposição faz parte do circuito de visitação com o auxilio de um monitor da casa. Algumas curiosidades sobre estes governadores podem ser exploradas com calma. "Uma exposição como essa se torna importante, porque leva informação ao visitante, ao mesmo tempo que oportuniza um maior conhecimento sobre a história política dos ex-governadores, que muitas vezes não é abordado ou apresentado em conteúdos históricos da rede de ensino, seja ela pública ou privada", disse monitor do PMOC, Carlos Brás.

Para complementar a amostra, durante todo o período será exibido documentário sobre a vida dos homenageados e escolas estaduais serão convidadas para apreciar o acervo em exposição. "Este convite para as escolas é importante porque dentro do projeto a missão é contar a história política dos homenageados para que possa haver uma transmissão de conhecimento para o público jovem, que é nosso público alvo", frisou a coordenadora de educação e pesquisa, Eliana Borges. "Infelizmente as escolas estão no período de férias, mas, sempre convidamos as que levam o nome do ex-governador homenageado, para que eles conheçam a história do seu patrono", completou a coordenadora.

As pessoas que estavam visitando o Palácio apreciaram a exposição e teceram elogios à direção do Museu como a coordenadora das rodas de leitura do Estado, Rosenilde Santana que estava acompanhando a filha, Eulalia Santana, na sua primeira visita ao PMOC. Já a estudante, Thamires Santos Seara, estava encantada e olhando atentamente todos os objetos em exposição fazendo perguntas para o monitor.

"Apresentar a história destes homens que marcaram a política do Estado é de uma importância sem igual para a sociedade. O Palácio-Museu Olímpio Campos esta de parabéns pela organização e com certeza irei convidar amigos e parentes pra virem aqui apreciar um pouco desta riqueza ímpar", falou a cozinheira, Zenilde Rodrigues Santos.

Vida e obra dos homenageados

Arnaldo Rollemberg Garcez- Nasceu em 19 de janeiro de 1911, em Itaporanga d'Ajuda. Exerceu mandato como governador de Sergipe entre 1951 a 1955. Nos anos seguintes, foi deputado federal em 1958, 1962 e 1966 e prefeito de Itaporanga em 1983 a 1987 e 1993 e 1997.

Felisbelo Firmo de Oliveira Freire, Primeiro governador. Com a Proclamação da República, em 1889, a Província de Sergipe passou a ser um dos Estados da Federação, tendo sua primeira Constituição promulgada em 1892. Nesse período, duas juntas provisórias ocuparam o governo, até que em 13 de dezembro deste mesmo ano, Felisberto Freire assumiu o mandado, vindo a se tornar o primeiro governador de Sergipe. Nasceu em 30 de janeiro de 1858, na cidade de Itaporanga d'Ajuda. Era médico por formação, mas foi governador de Sergipe (1889-1890), Ministro das Relações Exteriores do Brasil (1893) e Ministro da Fazenda (1893 - 1894). Faleceu em 8 de maio de 1916, aos 58 anos.

Sebastião Celso de Carvalho- Advogado e político nasceu em Simão Dias e faleceu aos 86 anos, três anos após ter se afastado da política. Duas vezes deputado estadual e três deputado federal até ser eleito vice-governador do então governador Seixas Dórea, deposto pelo golpe Militar na noite do dia 31 de março de 1964. Um dia após à deposição, Celso de Carvalho foi indicado governador pelos militares. Permaneceu no posto até janeiro de 1967quando assumiu o seu sucessor, Lourival Batista.

João de Seixas Dórea- Advogado por formação acadêmica, Seixas Dória foi sobretudo, político. Nascido em Propriá, governou Sergipe num período de turbulência por conta da Ditadura Militar que se instalou no país no dia 1º de abril de 1964, data em que foi retirado por militares rebeldes do então Palácio Olímpio Campos para logo depois ser deposto do cargo de governador. Antes de ser governador, Seixas Dória foi deputado estadual (1947 e 1950) e deputado federal (1954 e 1958).

Augusto Maynard Gomes- Nascido em 16 de fevereiro em Rosário do Catete, seguiu a carreira militar e foi exatamente por isso que assumiu o comando do estado de Sergipe no seu segundo mandato.

Guilherme de Souza Campos- Nasceu no dia 10 de fevereiro de 1850, em Itabaianinha, e faleceu em 1923, aos 66 anos. Foi deposto pela Revolução de Fausto Cardoso, juntamente com o Vice-presidente Pelino Nobre, em 10 de agosto de 1906. Há uma versão de foram obrigados a renunciar, perante o Capitão dos Portos. Retornou ao Poder em 28 de agosto de 1906, concluindo o mandato. Após deixar o governo de Sergipe, foi senador da República, entre 1909 e 1917

Abertura ao Público

O Palácio-Museu Olímpio Campos funciona na Praça Fausto Cardoso, Centro de Aracaju, de terça a sexta-feira, das 10 Às 17 horas e aos sábados e domingos das 9 às 13 horas.





Postado: 13/04/2016 - 15:50:30

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil