Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Governador acompanha exposição #DédaPresente no Museu da Gente Sergipana

O governador Jackson Barreto prestigiou na noite desta quarta-feira, 11, a abertura da exposição fotográfica #DédaPresente, da fotógrafa Janaína Santos, no Museu da Gente Sergipana. A escolha da data foi em homenagem ao aniversário do ex-governador Marcelo Déda, que se estivesse vivo completaria 55 anos.

A exposição #DédaPresente é uma realização do Instituto Banese e promoção do Museu da Gente Sergipana, com o apoio do Instituto Marcelo Déda. Nela estarão retratados momentos históricos da trajetória do governador Marcelo Déda, falecido precocemente em 2013.

A mostra com 24 fotos de Janaína Santos e mais sete do próprio ex-governador, levará o visitante a sentir a trajetória de Marcelo Déda na construção de seu legado. Ao percorrê-la, o visitante fará uma imersão em momentos marcantes da trajetória de Déda e também da política contemporânea sergipana.

Jackson Barreto afirmou que o ex-governador Marcelo Déda sempre estará presente nos corações e mentes do povo sergipano. Além de prestigiar a exposição da fotógrafa, o governador revelou que a sua ida ao museu serve também para reafirmar o seu compromisso com um modelo de governo iniciado por Marcelo Déda, que mudou Sergipe. ?Quero também prestar a minha homenagem a este grande homem, que dedicou a sua vida à causa pública?, enfatizou.

A ex-primeira dama, Eliane Aquino, afirmou que a exposição revela um pouco da história do ex-governador, ?história essa que deve ser lembrada pelos sergipanos por muitos anos?. Ela destacou que em muitos momentos, Déda dizia que ele não construía a história dele sozinho, mas com pessoas e amigos que estavam sempre ao seu lado, ?na luta pelo povo sergipano?.

?Sempre quis prestar uma homenagem a esse grande homem que fez muito por Sergipe e que me ensinou muito durante o período em que convivemos?, afirmou a fotógrafa Janaína Santos ao relatar de como surgiu a ideia de fazer a exposição. Ela disse que a partir daí, entrou em contato com a família e começou a amadurecer o projeto.

Janaína trabalhou como fotógrafa do ex-governador desde o período em que ele foi prefeito de Aracaju, acompanhou-o nas campanhas e também quando chegou ao governo de Sergipe. Ela disse que dessa convivência nasceu uma amizade e em muitos momentos ele se tornava um professor por conta da vasta cultura que fazia questão de transmitir de forma muito simples.

?Esta exposição é a minha homenagem a este grande homem. E não poderia ser em outro local que não fosse o Museu da Gente Sergipe idealizado por ele. Estamos aqui colhendo os sorrisos que ele pediu?, concluiu.

A exposição permanecerá até o final de abril. A abertura contou com a participação do duo de violino e piano da Orquestra Sinfônica de Sergipe e da Banda Coutto Orchestra. A curadoria da Exposição é de Ézio Déda, Marcelo Rangel e Eliane Aquino.

Ainda na noite de quarta-feira, 11, o governador Jackson Barreto compareceu à inauguração da Clinica de Olhos IOCM, instalada no prédio da JFC Trade Center, no Bairro Jardins. A clínica vai funcionar com consultórios e exames diagnósticos, sendo pioneira em Sergipe na oferta do Aberrometria, exame que personaliza a cirurgia de catarata. A nova clínica é de propriedade dos médicos Bruno Campelo, Cristiano Mendonça e Jussara Cunha.



Matéria Publicada pela SECOM





Postado: 13/04/2016 - 17:22:27

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil