Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Cerimônia de entrega do Prêmio Manadeuí acontece no PMOC

O Palácio Museu Olímpio Campos (PMOC) recebeu na noite da última sexta-feira, 25, s solenidade de entrega da primeira edição do Prêmio Manadeuí que homenageou vinte personalidades que contribuem para a luta contra o racismo e a intolerância religiosa em Sergipe. Promovido pelo Fórum Sergipano de Religiões de Matriz Africana, em parceria com a Coordenação de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh), e com o apoio da Fundação Palmares, o evento dá continuidade à programação do ?Sergipe Negro?, uma série de eventos que ocorreram durante o ?Novembro Negro? o mês da consciência negra.


Segundo o babalorixá Pejigan Irivan de Assis, coordenador do evento, o Prêmio Manadeuí é uma homenagem a Mãe Nanã fundadora do Terreiro Abassá São Jorge é um ícone das religiões de matriz africana em Sergipe, "enquanto movimento e religião, viemos prestar essa homenagem a uma ancestral pois, se estamos aqui hoje é por conta da luta dela contra a intolerância religiosa", explica Irivan.


O babalorixá ressalta as dificuldades que as religiões afro-brasileiras enfrentam em meio ao preconceito "a religião sempre foi o ícone da luta africana no Brasil e que inspirou toda a comunidade negra. Hoje o país passa por um momento difícil onde as religiões de matriz africana são atacadas e seus membros são agredidos, estamos na luta contra o racismo religioso e contra o fundamentalismo isso tem provocado no povo do axé a busca pela sua unidade", finaliza.


Durante a solenidade houve também o lançamento da segunda caminhada para Oxalá que acontece dia 20 de janeiro de 2017. Entre os homenageados na solenidade estiveram diversos representantes de religiões de Matriz africana da Capital e do interior do Estado, como Mãe Marizete que é filha de Mãe Nanã, Além do secretário estadual da Cultura, Irineu Fontes, e o prefeito eleito de Aracaju, Edvaldo Nogueira.








Postado: 29/11/2016 - 13:15:52

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil