Palácio Museu Olímpio Campos -
    
   
GOVERNADORESINSTITUCIONAL O PALÁCIO NOTÍCIAS GALERIAS ARTIGOS e TEXTOS PROGRAMAÇÃO CONTATOS

 

Governadores de Setembro

No mês de setembro a política sergipana tem muitos comandantes para comemorar, iniciamos o mês com AUGUSTO DO PRADO FRANCO, que nasceu em 04 de setembro de 1912 na cidade de Laranjeiras/Sergipe; fez seus primeiros estudos no nosso Estado, seguindo para a Bahia onde se formou em Medicina pela Escola de Medicina da Bahia em 1937. Como empresário destacou-se no ramo do açúcar dos tecidos e da comunicação. No mundo político iniciou como Deputado Federal por duas (02) legislaturas, foi senador e Governador de Sergipe de 1979/1982. O seu governo foi um exemplo de vontade política, criatividade e honradez. Destacou-se em seu governo o início da construção dos grande Conjuntos Habitacionais como exemplo o Augusto Franco; investiu em vários campos onde se destacou os grandes movimentos culturais. Augusto Franco foi um grande administrador de Sergipe. Seguindo a nossa viagem pelo mês de setembro encontramos o SR. JOÃO VIEIRA LEITE que nasceu a 04 de setembro de 1867 em Santa Luzia, formou-se em Medicina e entrou na vida política como Deputado Estadual por quatro (04) mandatos e como Presidente da assembleia assumiu o Governo em 14 de setembro de 1894 em consequência da deposição do Presidente Capitão José Calazans, passando o Governo para o Coronel Oliveira Valadão em 24 de outubro do mesmo ano. Seguindo a viagem encontramos o Sr. EDÉLZIO VIEIRA DE MELO, que nasceu a 08 de setembro de 1909 em Rosário do Catete, formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Bahia, Deputado Constituinte. Em 1950 foi vice-governador eleito e assumi o Governo de 17 de fevereiro de 1951 enquanto se resolvia algumas pendências fossem resolvidas e confirmados os eleitos. Edélzio fica no cargo até 12 de março de 1951, quando é proclamado e diplomado Vice-governador ficando no cargo até 1955. É patrono da cadeira dez (10) da Academia Sergipana de Medicina. Agora lembramos também o grande magistrado HUNALDO SANTA FLOR, que nasceu em 12 de setembro de 1894, na cidade de Estância. Bacharel em Direito foi prefeito de Aracaju quando seu irmão Gracho Cardoso era Governador. Presidiu várias vezes o Tribunal de Justiça do Estado, o que deu ao mesmo a condição de assumi o Governo do Estado em 11 de maio de 1945 ficando no cargo até 30 de março de 1946. Também presidiu o Tribunal Regional eleitoral de Sergipe. E finalmente o mês termina com o SR. JOSÉ ROLLEMBERG LEITE, que nasceu a 19 de setembro de 1912 em Riachuelo; formou-se em Engenharia Civil pela Escola de Ouro Preto (MG). Em 1947 assumi o Governo do Estado, e realiza uma grande administração, com grandes obras principalmente na área educacional como exemplo temos a Construção do ITPS (Instituto de Tecnologia e Pesquisa); as escolas de Direito e Filosofia e várias outras ações em diversos campos. O seu segundo mandato foi entre 1975-1979 e também foi uma administração marcada por grandes obras como exemplo o Palácio Tobias Barreto para sediar o poder judiciário e outros. Como podemos ver, o mês de setembro é um mês de grandes empreendedores do desenvolvimento sergipano. Parabéns a todos os seus herdeiros.









Postado: 18/10/2017 - 15:59:36

 

 

Mapa do Site
Institucional O Palácio
Notícias Galerias
Artigos Programação
Contatos Tour 360°
Jogos Planta 3D
Biblioteca  
Administração

DIRETOR:Alberto Araujo Silva
TEL: (79) 3198-1462
Coordenação de Acervo Museológico 
Setor que abrange a curadoria e a monitoria, sendo responsável pelas informações e pelo acervo museológico do Palácio-Museu, e orientação dos visitantes e também, pela expografia dos seus ambientes.

COORDENADORA: Izaura Ramos
TEL: (79) 3198-1454
Coordenação de Pesquisa e Educação . Setor que abrange os serviços de arquivologia, pesquisa, comunicação e de ações educativas.

Palácio-Museu

A definição de casa-museu ou palácio-museu prevê a proteção da propriedade natural ou cultural, móvel ou imóvel, em seu local original, ou seja, preservada no local em que tal propriedade foi criada ou descoberta. Para que isso aconteça é necessário promover a restauração do patrimônio e utilizá-lo com fins didático-pedagógicos e culturais. Além disso, o Palácio-Museu Olímpio Campos promove eventos abertos ao público, a exemplo de exposições fotográficas, mostras de artistas, lançamentos de livros, entre outros. O novo projeto disponibiliza também serviços de guia para visitação, curadoria, pesquisa, documentação histórica, cafeteria e livraria etc.
Todos direitos reservados ©
Secretaria de Estado da Casa Civil